Embaixada de Portugal em Itália

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Urogallo. Nova publicação de Teolinda Gersão em italiano. "Big brother isn’t watching you e altre storie"

bigbrotehr teolinda

 

O livro:

Estas 14 “histórias de ver e caminhar” (assim chamavam os árabes às narrativas de viagem) surpreendem-nos e levam-nos por mundos e lugares que reconhecemos (ou não), por sentimentos, por palavras, e que nos seduzem.

«O seu último livro é um belo exemplo desta arte (de contar histórias), breve e condensada. Não é fácil citar um conto só desta recolha mas há um – Big Brother isn’t Watching You – que é inesquecível uma vez que leva às últimas consequências o absurdo que impera no mundo mediático, criando uma situação na qual se colhem os ecos de um filme de Hitchcock mas com uma dimensão patética que o filme ignora abrindo-se ao que Hannah Arendt definiu como “a banalidade do mal”».

De Big Brother Isn't Watching You:

« Ouviram falar da Tânia? Encontraram-na morta».

Saímos imediatamente e, suspirando de alívio, fomos para casa. Amanhã saberão que fomos nós. Talvez ainda hoje. Há o casaco e a mochila. Basta que sigam a pista e descobrirão.

Mas podiam vir de qualquer forma, estávamos preparadas. Tínhamos emagrecido, comprado roupas novas , mudado a cor do batom e escolhido uma sombra diferente para os olhos, que nunca tinhamos esquecido de usar debaixo das luzes dos flashes.

A autora:

Teolinda Gersão (1940) é uma das escritoras mais conhecidas da sua geração. Para além da Alemanha viveu também em São Paulo, no Brasil e em Moçambique na capital, Maputo. Recebeu o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores pelo romance A Casa da Cabeça de Cavalo nel 1995 e, entre outros, o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco por Big Brother isn’t Watching You e altre storie (titulo original: Histórias de Ver e Andar), de 2002. Foi traduzida em inglês, alemão, francês, checo, árabe, romeno e croata, e foi publicada no Brasil e nos Estados Unidos, onde algumas das suas narrativas são best-seller e foram adaptadas para teatro e rádio. 

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail