Embaixada de Portugal em Itália

Ministério dos Negócios Estrangeiros

“Objects After Objects” - Portugal na Trienal de Milão 2016, 14 Abril às 17h

cartaz

"Objects After Objects "propõe uma reflexão sobre a prática do projeto contemporâneo, a sua radicalização, o seu ensino, a produção, a sua dimensão criativa, económica e política", pode ler-se em comunicado oficial. O trabalho é comissariado por José Bártolo e tem a curadoria dos arquitetos Roberto Cremascoli e Maria Milano. A Escola Superior de Artes e Design (ESAD) de Matosinhos é a responsável pela produção do projeto, apoiado pelo Ministério da Cultura.

A exposição portuguesa está dividida em 5 módulos: O Objeto Reinventado, Extemporary Capsule, Novas Práticas em Arquitetura, Novas Práticas do Design e 13 Habitats.

O Objeto Reiventado é uma "reflexão sobre o objeto" a partir de 3 workshops orientados pelos arquitetos Paolo Deganello e pelo designer Fernando Brízio. O resultado é um conjunto de peças criadas pelos estudantes de Mestrado em Design de Interiores da ESAD.

A Extemporary Capsule surge da colaboração entre estudantes da escola portuguesa e do Politecnico di Milano. É uma microarquitetura que "se vai configurando através do ato de fazer"

Novas Práticas em Arquitetura traz-nos isso mesmo: nomes emergentes da arquitetura portuguesa. Faz-se ainda uma reflexão sobre o papel do arquiteto e da arquitetura enquanto ferramenta para problemas sociais.

Novas Práticas do Design junta projetos de jovens criadores portugueses, valorizando "a experimentação, a inovação estética e a responsabilidade social".

13 Habitats é uma compilação de 13 entrevistas realizadas em lugares do quotidiano de grandes nomes da arquitetura portuguesa. A paisagem doméstica é o objeto de atenção".

 

Siga-nos também no Twitter e Facebook

 

Partilhar:
FacebookTwitterGoogle +E-mail