Embaixada de Portugal em Itália

Ministério dos Negócios Estrangeiros

SCOPRIR - Exposição de Cinema Ibero-americano de Roma

A Embaixada de Portugal em Roma, em colaboração com o Instituto Cervantes e as Embaixadas de Colômbia, Equador, Chile, Guatemala, México, Nicarágua, Peru e Uruguai, e com o apoio do Instituto Camões, I.P., promove "Scoprir", a Exposição de Cinema Ibero-americano de Roma. Esta sétima edição terá lugar de 12 a 14 de outubro, na Casa del Cinema, e apresentará dez filmes inéditos em Itália.

O filme português A Mãe é que Sabe, realizado por Nuno Rocha (vencedor de 57 prémios internacionais) e produzido pela Ukbar Filmes, será exibido no dia 12 às 20h, e conta com as interpretações de Maria João Abreu, Joana Pais de Brito, Filipe Vargas, Dalila Carmo, Manuel Cavaco, Noémia Costa, Margarida Carpinteiro, entre outras caras conhecidas da televisão portuguesa.

Sinopse:
Um típico almoço de aniversário dá para o torto quando Ana Luísa se começa a lembrar de episódios caricatos da sua infância e adolescência. Entre sopas de cenoura, idas à praia, conselhos de mãe, namoros e casamentos, Ana Luísa pensa nas coisas que podia ter mudado no seu passado, no entanto estas recordações vão ter efeitos colaterais imprevisíveis. Uma comédia familiar com universos paralelos e fanáticos do Belenenses, num divertido retrato do Portugal dos anos 70 aos nossos dias. E pensando bem, há coisas que é mesmo melhor não mudar, pois no fim de contas é certo e sabido que... A Mãe é que Sabe!

Trailer do filme:
https://www.youtube.com/watch?v=3IuARBPBdUs 

Programação completa de "Scoprir": 
https://roma.cervantes.es/imagenes/File/cultura/Scoprir2018.pdf 

SCOPRIR2018

LUSO - Exposição itinerante do novo cinema português

"Luso! Mostra itinerante del nuovo cinema portoghese" é uma exposição itinerante – organizada pela Associação Il Sorpasso e Arch Film em colaboração com a Fundação Calouste Gulbenkian, a Embaixada de Portugal em Itália, o Instituto Camões, o ICA, a TAP e o Turismo de Portugal – que exibirá por toda a Itália cinco filmes e quatro curtas-metragens dos principais realizadores de cinema português contemporâneo.

A exposição terá início nos dias 29 e 30 de setembro na Casa del Cinema em Roma, seguindo depois por mais de trinta cidades do país.
Serão ainda realizados eventos paralelos, como cocktails e encontros, contando com a presença de muitos dos realizadores e autores dos filmes exibidos.

A "Luso!" vai estar em...
Roma – 29-30 de setembro (Casa del Cinema)
Trieste – 2-4 de outubro (Cinema Ariston)
Perúgia – 2, 9, 16, 23 e 30 de outubro (Cinema Postmodernissimo)
Gorizia – 4 de outubro (Kinemax)
Bréscia – 5, 12 e 19 de outubro (Cinema Eden)
Parma – 11, 18 e 24 de outubro, e 8 e 15 de novembro (Cinema Edison)
Cesena – 14 de outubro (Cinema Eliseo)
Pisa – 14-17 de outubro (Cinema Artesanale)
Turim – 15-17 de outubro (Cinema Fratelli Marx) e 2-3 de novembro (Cinema Massimo)
Vicenza – 23-24 e 20-31 de outubro, 6-7, 20-21 e 27-28 de novembro (Cinema Araceli)
Verona – 25 de outubro (Circolo del Cinema)
Rovereto – 20 de novembro (Nuovo Cineforum)
Espoleto – data a definir (Cinema Sala Pegasus)
Ancona – data a definir (Nuovo Cinema Azzurro)
Mântua – data a definir (Cinema del Carbono)
Seravezza – data a definir (Cinema Scuderie Granducale)

Para consultar o programa completa, consulte o sítio:
http://luso-cine.com/ 

Luso Mostra Itinerante del Nuovo Cinema Portoghese 1

Alterações ao regime do Recenseamento Eleitoral e exercício do direito de voto no estrangeiro

Entraram recentemente em vigor alterações ao regime jurídico do recenseamento eleitoral e às Lei Eleitorais do Presidente da República e da Assembleia da República. Estes novos diplomas determinam, entre outras novidades, o recenseamento automático e oficioso dos cidadãos portugueses maiores de 17 anos que sejam detentores de cartão de cidadão com morada no estrangeiro, bem como a possibilidade de os mesmos exercerem o voto presencial nas eleições à Assembleia da República (como acontece nas eleições para o PR e para o PE).

Quais são os próximos passos e as novidades introduzidas?

- A Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (Administração Eleitoral) notificará cada eleitor, até 90 dias após a entrada em vigor da Lei nº 47/2018 (14 de Agosto de 2018), da sua inscrição automática no recenseamento eleitoral português, com base na morada constante do cartão de cidadão.
- Cada cidadão ficará inscrito automaticamente na comissão recenseadora da área da sua residência constante no cartão de cidadão.
- Caso não pretendam permanecer inscritos, os cidadãos notificados terão 30 dias para transmitir essa sua vontade junto da Administração Eleitoral.
- De qualquer forma, os cidadãos portugueses inscritos no estrangeiro podem, a qualquer momento, solicitar o cancelamento da sua inscrição automática no recenseamento eleitoral.
- Por outro lado, e desde já, no ato do pedido de emissão ou renovação do cartão de cidadão, os cidadãos deverão obrigatoriamente optar pela manutenção ou cancelamento da inscrição, ficando essa informação registada no sistema.
- Aqueles cidadãos que sejam titulares de bilhete de identidade não ficam automaticamente inscritos no recenseamento eleitoral português, devendo promover a sua inscrição junto da comissão recenseadora da área da sua residência.
- Os cidadãos portugueses inscritos em Estado Membro da União Europeia são eleitores dos deputados de Portugal nas eleições ao Parlamento Europeu, salvo declaração formal de que optam por votar nos deputados do país de residência.
- Nas eleições à Assembleia da República, os cidadãos portugueses inscritos no estrangeiro passam a poder optar entre o voto presencial ou o voto por via postal, manifestando a sua preferência junto da respetiva comissão recenseadora até à data de marcação de cada ato eleitoral. No caso de não ser manifestada nenhuma preferência, os cidadãos portugueses inscritos no estrangeiro exercerão o seu direito de voto por via postal.

Brochura sobre as alterações ao regime do Recenseamento Eleitoral e exercício do direito de voto no estrangeiro:
https://www.portaldascomunidades.mne.pt/images/GADG/Brochura_Recen_Eleitoral_11_09_2018.pdf 

Quadro comparativo com as alterações introduzidas:
http://www.cne.pt/content/alteracoes-no-recenseamento-eleitoral-de-cidadaos-portugueses-residentes-no-estrangeiro 

Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora (GAID)

O Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora (GAID) está vocacionado para identificar, apoiar e facilitar o micro e pequeno investimento com origem nas Comunidades Portuguesas e Luso-descendentes dirigido a Portugal, acompanhar projetos em curso ou em perspetiva e estimular e orientar as iniciativas de internacionalização de empresas de base regional, da referida dimensão.

Para mais informações sobre a atividade do GAID, poderá visitar o site:
https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/gabinete-de-apoio-ao-investidor-da-diaspora-gaid 

Parlamento dos Jovens 2018-2019

Estão abertas as inscrições para o Parlamento dos Jovens, uma iniciativa da Assembleia da República que se dirige aos alunos de 2.º e 3.º ciclo do ensino básico e secundário, de escolas do Continente, das Regiões Autónomas e dos círculos da Europa e de Fora da Europa.

Mais informações disponíveis em: http://www.jovens.parlamento.pt/ 

Parlamento dos jovens 2

Contactos

Via Guido d’Arezzo, 5
00198 Roma

(+39) 06 844 80 201/06 844 801 (Embaixada)
(+39) 06 844 80 200 (Secção Consular)
secretariado.roma@mne.pt (Embaixada)
sconsular.roma@mne.pt (Secção Consular)
Facebook Twitter 

Mais informação

Ligações úteis

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Logotipo Carreiras Internacionais

Logotipo Turismo de Portugal

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Portugal Economy Probe

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Instituto Diplomático